Itália rende muitos roteiros de viagem! Um roteiro, talvez, mais clássico, incluiria o circuito Roma – Florença – Milão – Veneza, e foi o que fizemos na nossa primeira ida ao país da bota, incluindo algumas cidades menores no caminho (como Pisa, Siena e Verona, entre outras).

Na nossa segunda viagem a esse país, nosso roteiro foi na direção oposta: partimos de Roma para o sul da Itália, passando pela região da Campania (Nápoles, Pompeia, Sorrento e Costa Amalfitana) e reservando vários dias para explorar a maravilhosa Sicília, totalizando três semanas (23 dias, para ser mais exata). Muitas paisagens incríveis, muitos patrimônios históricos e artísticos e muito tempo dedicado a aproveitar diferentes praias, pois essa viagem foi em julho e o calor que faz lá nessa época não é brincadeira!

Em resumo, esse foi nosso roteiro, com uma pequena descrição do que fizemos em cada dia:

Roteiro de viagem pelo sul da Itália

1º dia: Roma – Chegamos em Roma no meio da tarde. Deu tempo de dar uma bela passeada e rever uns pontos famosos, como Fontana di Trevi, Panteão, Piazza Navona e arredores.

2º dia: Roma – Começamos o dia no Parque Savello, para espiar pelo Buco della Serratura. Visitamos as Terme di Caracalla, depois passeamos pelos arredores da Via dei Fori Imperiali. À noite, fizemos a sensacional visita noturna ao Coliseu.

Lê o post: Visita noturna ao Coliseu

roteiro de viagem pelo sul da itália
A lua e o Coliseu.

3º dia: Roma – Conhecemos o bairro de Trastevere e algumas de suas atrações. À tarde, visita guiada pela necrópole do Vaticano, finalizando dentro da Basílica de São Pedro. Jantamos no Mercato Centrale, que funciona dentro da Estação Termini.

Lê os posts:
Necrópole do Vaticano e o túmulo de São Pedro
Roma pela segunda vez: relato de viagem

4º dia: Nápoles – Cedinho pegamos um trem para Nápoles. Visitamos Quartieri Spagnoli, Piazza Plebiscito e Castel dell Uovo. Jantamos a famosa pizza do Da Michele.

Lê o post: Nápoles em um dia (com pernoite)

5º dia: Pompeia Saímos cedo de Nápoles e passamos o dia visitando o incrível sítio arqueológico de Pompéia. Após, fomos para Sorrento.

roteiro de viagem pelo sul da itália
Ruínas de Pompéia.

Lê o post: Pompeia: como é a visita à cidade devastada pelo Vesúvio

6º dia: Sorrento – Pela manhã fomos conhecer um lugarzinho espetacular, chamado Bagni della Regina Giovanna. À tarde, ficamos em um dos lidos de Sorrento.

Bagni della Regina Giovanna, em Sorrento.

Lê os posts:
Sorrento: atrações e outras informações úteis
Bagni della Regina Giovanna: um lugar especial em Sorrento

7º dia: Sorrento (Capri) – Bate-volta à maravilhosa Capri.

roteiro de viagem pelo sul da itália
Vista de tirar o fôlego em Capri.

Lê o post: Capri em um bate-volta de Sorrento

8º dia: Minori (Ravello) – Fomos de Sorrento para nossa hospedagem em Minori e aproveitamos umas horas de praia lá. Mais tarde, fomos conhecer a encantadora Ravello.

Lê o post: Minori, Costa Amalfitana: uma base mais tranquila (e econômica)

9º dia: Minori (Castiglione, Atrani e Amalfi) – Dia de muita praia, primeiramente em Castiglione e depois em Atrani, ambas vizinhas a Amalfi.

roteiro de viagem pelo sul da itália
Praia de Castiglione.

10º dia: Minori (Atrani e Positano) – Pegamos umas horas de praia em Atrani e depois fomos conhecer Positano.

11º dia: Minori – Fizemos check-out do hotel e passamos o dia na praia de Minori. Final de tarde pegamos um ônibus para Salerno, depois um trem para Nápoles e de lá, um trem noturno rumo a Taormina.

12º dia: Taormina – Chegamos cedo em Taormina. Passamos boa parte do dia na praia de Isola Bella, e depois passeamos pela cidade.

roteiro de viagem pelo sul da itália
Praia de Isola Bella, em Taormina.

13º dia: Taormina (Giardini Naxos e Castelmola) – Ficamos à toa na praia em Giardini Naxos. Mais à tardinha, visitamos Castelmola.

14º dia: TaorminaUma gripe me pegou e eu passei o dia com febre, mas ainda assim aproveitamos umas horas na praia de Isola Bella. À noite, assistimos a uma ópera!

15º dia: Taormina – Pela manhã fomos conhecer mais alguns pontos de Taormina, como o Teatro Grego. Tarde de praia, novamente em Isola Bella.

16º dia: Agrigento – Ônibus cedo até o aeroporto de Catânia, onde retiramos um carro alugado e rumamos até Agrigento. Visitamos o impressionante Vale dos Templos. Seguimos para Trapani, onde nos hospedamos.

roteiro de viagem pelo sul da itália
Vale dos Templos, em Agrigento.

17º dia: Trapani (Erice) – Curtimos a praia de San Giuliano, em Trapani. No meio da tarde, subimos para conhecer a fofíssima Erice.

Castelo de Erice.

18º dia: Trapani (Favignana) – Bate-volta à ilha de Favignana, um dos lugares mais espetaculares dessa viagem.

Praia de Cala Azzurra e …
roteiro de viagem pelo sul da itália
… praia de Bue Marino, ambas em Favignana.

19º dia: Trapani (San Vito lo Capo)Bate-volta a San Vito Lo Capo para aproveitar sua linda praia.

20º dia: Trapani (Scopello e Riserva dello Zingaro) – Novamente fomos a San Vito Lo Capo, mas dessa vez fizemos um passeio de barco por Scopello e pela Riserva dello Zingaro. Entregamos o carro no aeroporto de Palermo e nos hospedamos nessa cidade.

21º dia: Palermo – Aproveitamos umas horas na praia de Mondello e, após, visitamos alguns pontos turísticos de Palermo, entre eles o Palácio dos Normandos.

22º dia: Palermo (Cefalù) – Bate-volta delicioso à Cefalù.

Construções medievais à beira-mar em Cefalù.

23º dia: Palermo – Dia parcialmente aproveitado na praia de Mondello. Pegamos um voo para Roma, onde pernoitamos. No dia seguinte o Rodrigo pegou um voo de volta ao Brasil e eu rumei para Budapeste, mas aí já é assunto para outra hora.

Considerações sobre o roteiro de viagem pelo sul da Itália

É claro que sou suspeita para falar, mas… que viagem incrível! Sabes quando tu vais com as expectativas lá em cima e, mesmo assim, elas vão sendo superadas o tempo todo? Eu achava que Costa Amalfitana seria linda, mas não esperava por tanto! A beleza desse lugar é de tirar o fôlego! E o que dizer da Sicília? Dá para entender porque tantos povos passaram por lá e fincaram raízes, até eu fiquei com vontade de fazer isso! 😀 Regiões únicas e especiais… inesquecíveis!

O roteiro foi pensado, como já comentei, para passarmos bastante tempo curtindo praia, já que fomos no auge do verão. Se este não for teu caso, ou se simplesmente não fazes questão de curtir praia, dá para dar uma bela enxugada no roteiro, reduzindo o número total de dias (ou redistribuindo os dias como por exemplo aumentando o tempo em Roma, em Nápoles, conhecendo outras cidades da Sicília como Catânia, etc).

Outra bela adaptação nesse roteiro pelo sul da Itália seria incluir cidades das regiões da Calábria (o “dedão do pé” da bota), Basilicata (o “arco do pé”) e Puglia (o “salto”). Todas têm paisagens cinematográficas e passamos reto por falta de tempo. Como eu disse no começo do post, Itália rende muitos roteiros…


Nossa viagem pelo sul da Itália aconteceu entre 08 e 31 de julho de 2017.


O blog fica muito melhor e mais completo com tua participação. Tens alguma sugestão para dar, alguma informação a acrescentar, alguma dúvida? Deixa nos comentários 😉