01/08/16

Tomamos café da manhã, terminamos de guardar tudo na bagagem, fizemos check out e deixamos a mala na pousada.

Fomos até o sítio de Qoricancha para conhecer o museu. É bem pequeno, mas como está incluso no boleto turístico de Cusco e tínhamos tempo de sobra, aproveitamos. Algumas peças de cerâmica, têxteis, alguns ossos encontrados em escavações e uma maquete de como (provavelmente) foi Qoricancha.

Depois dali, fomos para o Museu Inca (não está incluso no boleto turístico). Fica em um edifício colonial bem bonito, com um pátio interno. Possui peças diversas da civilização inca e também do período colonial, múmias e maquetes de alguns dos sítios arqueológicos dos arredores. No pátio, alguns artistas cusquenhos estavam expondo e vendendo suas peças de pintura e de escultura, uma artesanato bem bonito e diferenciado (em qualidade e em preço 😛 ).

entrada

Entrada do Museu Inca.

museu inca

Pátio interno do museu.

Fomos ao Mercado de San Pedro gastar os últimos soles que tinham sobrado, comprar uns regalitos e dar mais uma curtida nos produtos locais que não vemos no Brasil.

milhos

Eu adorei esses milhos coloridos!

Almoçamos novamente no Antojitos, a sopa do dia era de espinafre e estava ótima. De novo, o suco mais parecia uma calda de tão doce eheheh.

Voltamos à pousada e Yésica chamou um táxi para nós. O aeroporto é relativamente perto e no caminho ainda passamos pelo Monumento a Pachacutec. Tchau, Cusco! Até um dia!

O voo teve conexão de algumas horas em Lima e chegamos em casa no horário previsto, sem percalços.

Foi uma viagem maravilhosa! Peru é encantador, história riquíssima, comida deliciosa, gente querida, e deixamos de conhecer tanta coisa interessante (Nazca, Huaraz, Ica, Paracas, Puno…) porque eram muitos lugares para pouco tempo. Certamente voltaremos!

Alguns gastos (soles):

  • Museu Inca: 10
  • Almoço no Antojitos: 13
  • Táxi do centro de Cusco até o aeroporto: 20